Quer receber conteúdos de alto impacto?

Faça como dezenas de investidores, deixe seu email e receba nossos conteúdos diretamente no seu email.

Seu cadastro na newsletter foi realizado com sucesso! Fique ligado nos nossos e-mails 📩
Ops! Algo deu errado ao enviar o formulário.

Como gerar renda passiva

Investimentos

Escrito por

Lorenzo Frazzon

em

27

de

Aug

de

2019

TOPO
Como gerar renda passiva | Investtor

Dicas de como fazer o dinheiro trabalhar para você e garantir rendimentos extras no fim do mês


Renda passiva, o sonho de 10 entre 10 brasileiros. Afinal, quem não gostaria de ter o dinheiro trabalhando para você? 

A renda passiva, como o próprio nome diz é a renda obtida passivamente, é aquela que não é proveniente do seu trabalho. Existem dois tipos de renda passiva: com capital e sem capital.

  • Com capital: proveniente de investimentos em ações, criptomoedas,  dividendos de empresas, imóveis, etc 
  • Sem capital: proveniente de rendimentos obtidos a partir de direitos autorais, licenças de uso de nomes e patentes, cliques em sites de internet, pagamentos de pensão, etc.

Se você não tem imóveis, lucros de empresas, direitos autorais ou algum dos outros itens desta lista a pergunta que fica é: como gerar renda passiva? Onde e quando investir para garantir um retorno significativo para complementar a renda ativa e eventualmente viver de renda passiva?

Vamos listar nesse conteúdo formas inteligentes e viáveis de ter o dinheiro trabalhando a seu favor.

Bom, para começar ficou bem claro que você precisará de CAPITAL, ou seja, dinheiro. Sendo assim, a primeira dica é comece a economizar. Reserve um valor mensal da renda ativa para investimentos. Antes de investir com o objetivo de gerar renda monte uma reserva de emergência equivalente a pelo menos 3 a 6 meses de despesas mensais, utilizando investimentos seguros com Tesouro Direto ou Fundos de Renda Fixa com liquidez imediata.

Mas onde investir? Vamos a algumas opções de investimentos que podem gerar renda passiva:


1. Investimentos em renda fixa

Aplicações em renda fixa, por exemplo, é uma opção para investidores com perfil conservador. Aqui nós temos diferentes tipos de investimento desde CDB até LCI,LCA, Tesouro Direto, entre outros.

Os investimentos de renda fixa funcionam como um empréstimo do seu dinheiro para o emissor, você pode emprestar para o governo no caso dos títulos públicos e no caso dos CDB/LCI/LCA você empresta para o banco. Em troca, você recebe uma taxa de rentabilidade fixa, que é definida no momento da compra. 

Os investimentos em renda fixa garantem boa rentabilidade, são seguros, fáceis de fazer, acessíveis e alguns têm isenção de imposto de renda. Por outro lado, a grande maioria possui um tempo de carência (são investimentos de longo prazo), ou seja você não pode solicitar o resgate antecipado e ainda existem taxas como IOF e taxa de custódia a serem pagos.

Quando o objetivo é gerar renda, os melhores investimentos de renda fixa são o títulos que pagam a inflação + uma taxa de juros pré acordada, pois eles garantem a manutenção do poder de compra ao longo do tempo.


2. Investimento em ações

Ações são, na maioria das vezes,o primeiro passo para quem quer investir no universo da rendas variável. A renda passiva aqui é proveniente dos dividendos das empresas das quais você adquire as ações ou da própria compra e venda de ações. 

Você pode comprar ações de uma empresa a determinado preço e vendê-lo a um preço maior ou menor, por exemplo. Ou investir em ações de empresas que pagam dividendos. 

No entanto, é importante lembrar que nem todas as empresas listadas na Bolsa de Valores pagam dividendos. 

O investimento em ações é classificado como renda variável não só porque o pagamento de dividendos a quem investir está condicionado ao desempenho financeiro das empresas, mas também porque as ações negociadas na bolsa de valores ou no mercado de balcão, tem variação de preço de acordo com a oferta e demanda: se há muitos investidores querendo comprar determinada ação, seu preço tende a subir.

Como a oscilação dos preços é constante e diária, o investimento em ações deve ser considerado de longo prazo, mesmo quando a empresa é sólida e tem boas perspectivas. 

Uma das grandes desvantagens do investimento no mercado de ações é a dificuldade de saber quando e quanto investir e em qual empresa apostar. As oscilações acompanham diretamente momento político e econômico do país, que afetam o desempenho das empresas. Em contrapartida os ganhos podem ser altos e em curto período de tempo, ou seja, ações tem uma boa liquidez.

3. Fundos Imobiliários

Quem não gosta de investir em imóveis? Agora imagina conseguir investir em imóveis com R$ 100,00 e não precisar se preocupar com inquilino, imobiliária, manutenção e ainda ter liquidez, caso tenha um imprevisto e precise de dinheiro?

Pois é. Os fundos imobiliários possibilitam isso, esse tipo de investimento feito em bolsa de valores permite comprar ativos reais de forma online e muito simples, basta  ter conta bancária e usar uma corretora de valores para conseguir acessar esse produto.

Você pode comprar uma cota de R$ 110,00 de um fundo imobiliário e ter participação em shopping centers como: Shopping Cidade Jardim (SP), Caxias Shopping (RJ), Shopping Bela Vista (BA), entre outros. Para cada cota comprada você ganha em torno de R$ 0,55 em forma de renda mensal.

A desvantagem é que nos fundos imobiliários negociados em bolsa as vezes o preço pode cair e você achar que perdeu, mas na verdade devemos encarar como um oportunidade de comprar um imóvel mais barato!


4. Criptomoedas

Não é a toa que as criptomoedas são intituladas de ouro digital. E se o seu objetivo é gerar renda passiva com as moedas virtuais vamos listar algumas maneiras. 

Para começar a clássico arbitragem, ou compra e venda de ativos. As criptomoedas tem lastro pelo mundo a fora. Isso significa dizer que centenas de pessoas de vários lugares estão comprando e vendendo a todo instante, que gera volume e liquidez das moedas. 

A técnica de fazer arbitragem se tornou popular pelas criptomoedas, simplesmente porque como as moedas não são reguladas por nenhuma instituição cada exchange oferece preços diferentes de uma mesma moeda, isso possibilita comprar onde estiver mais barato e vender em uma outra exchange de preço mais alto. Essa é uma forma simples e rápida de se garantir renda passiva a curto prazo, porém é necessário antes calcular o valor das taxas das exchanges e também da taxa de transferência da criptomoeda para analisar se realmente no final você terá lucros significativos. 

No entanto, essas não a única forma de gerar renda passiva com criptomoedas:

  • Dividendos de criptomoedas: sim, isso existe. Há algumas criptomoedas como Nexo, KuCoin, IDEX e Celsius que pagam dividendos apenas por guardá-las. Na verdade você adquire tokens desses projetos que pagam parte dos lucros da operação aos detentores. 
  • Hold – ou “Manter um token” – é um termo que se refere à retenção de ativos digitais por longo prazo aguardando o momento certo de vender. Essa é uma boa estratégia para quem investe em Bitcoins, por exemplo. Basta analisar o  histórico de preços da criptomoeda para ver que essa estratégia é uma das mais inteligentes que um investidor pode utilizar para ver seu patrimônio valorizar.
  • Staking: Staking é basicamente segurar criptomoedas 24 × 7 em uma carteira , portanto, ganhando novas moedas adicionais como recompensa para travar e proteger a rede blockchain. O staking é uma ótima maneira de gerar renda passiva porque você obtém o duplo benefício da valorização do preço por possuir boas criptomoedas, mais a recompensa adicional por travar as moedas. 
  • Masternodes: masternodes são nós nas redes da criptomoedas que auxiliam na  anonimização do sistema, garantindo que não haja nenhuma parte centralizada para atacar ou derrubar. Além disso, os masternodes garantem que todas as transações sejam validadas em tempo quase real, tornando-as bastante eficientes. Com isso, os operadores de masternodes recebem recompensas monetárias para a execução de nós na rede, mas eles também precisam fornecer uma participação financeira própria. Para executar um masternode, você deve ter um número mínimo de moedas para começar. O valor mínimo para começar com um masternode é diferente para todas as criptomoedas, a famosa moeda Dash, exige que 1.000 moedas para montagem de um Masternode.

Assim como outros investimentos de renda variável as criptomoedas apresentam alta volatilidade, no entanto são acessíveis, fáceis de investir, não tem prazo de carência e podem gerar lucros em curto período de tempo.

Seja qual for a sua opção de investimento lembre-se de pesquisar, educar-se e aprender sobre o mercado em que pretende participar. É importante ter um objetivo claro e manter a estratégia para alcancá-lo.

Essas são apenas algumas formas de gerar renda passiva com investimentos de curto e longo prazo. Avalie qual a opção se encaixa melhor no seu perfil e procure especialistas para te ajudar ao longo da jornada.

Lorenzo Frazzon

CSO, Economista