Quer receber conteúdos de alto impacto?

Faça como dezenas de investidores, deixe seu email e receba nossos conteúdos diretamente no seu email.

Seu cadastro na newsletter foi realizado com sucesso! Fique ligado nos nossos e-mails 📩
Ops! Algo deu errado ao enviar o formulário.

Como funciona o blockchain do bitcoin

Criptomoedas

Escrito por

Pedro Camara

em

8

de

Oct

de

2019

Como funciona o blockchain do bitcoin


Antes de entendermos o que é Blockchain, é interessante entender como e porque ela surgiu. O conceito surgiu pela primeira vez em 2008, em um artigo acadêmico intitulado "Bitcoin: A Peer-to-Peer Electronic Cash System", em tradução livre, "Bitcoin: um sistema de dinheiro eletrônico peer-to-peer", assinado por Satoshi Nakamoto.

O artigo descreve uma rede distribuída de computadores que tem o objetivo de proporcionar o uso de dinheiro digital entre pessoas e sem nenhum intermediário. Essa rede possibilitou as pessoas transferirem valores entre elas (peer-to-peer), sem um intermediário, a um custo monetário inferior ao praticado por bancos e instituições financeiras, muito mais rápido e sem fronteiras. Nasceu assim o Bitcoin.

No ambiente digital, toda informação pode ser copiada ou redistribuída várias vezes, é o que acontece com imagens e documentos por exemplo, mas isso não pode acontecer com dinheiro. Com a blockchain há a garantia de que não ocorrerá gasto duplo, ou seja, você não poderá gastar duas vezes o mesmo Bitcoin.

O que é blockchain?

A blockchain pode ser descrita como um "livro razão distribuído e público". É na Blockchain que ficam armazenadas todas as transações realizadas com o Bitcoin, de maneira pública, anônima e imutável.

O nome é relativo a maneira com que esses dados são guardados. Cada transação é armazenada em um bloco com várias outras transações, e todos os blocos são ligados ao bloco anterior, formando uma corrente de blocos. Daí o nome, block - bloco, chain - corrente.

Para garantir a segurança da rede, cada bloco possui um hash, uma assinatura digital única. A assinatura é uma sequência de números e letras que é o resultado do conteúdo do bloco atual e a assinatura do bloco anterior criptografados. Quem gera essa assinatura são os mineradores, que são recompensados com Bitcoin para garantir o funcionamento da rede.

O que é uma transação na blockchain do Bitcoin?

Uma transação nada mais é que o registro de uma movimentação de Bitcoin entre duas partes. Cada transação registra alguns dados, e os principais são:

  • Data e hora da transação;
  • Endereço público do remetente;
  • Endereço público do destinatário;
  • Quantidade de Bitcoin transacionada;
  • Valor da taxa paga aos minerados.


O que é um endereço na blockchain do Bitcoin?

Cada carteira criada na rede possui uma chave pública e uma chave privada. A chave pública é o endereço público utilizado para identificar a carteira. Ao realizar uma transferência para outra pessoa, você deverá informar a chave pública do destinatário.

A chave privada é a "senha" para acessar sua própria carteira, com a posse de uma chave privada de determinada carteira é possível acessar o saldo da carteira e realizar movimentações de Bitcoin.

O que é um bloco na blockchain do Bitcoin?

Um bloco é um conjunto de transações assinados com um hash único. A assinatura de cada bloco é gerada a partir de todo o conteúdo presente nas transações além da assinatura do bloco anterior.


Como funciona blockchain


O que é o hash na blockchain do Bitcoin?

O hash é uma assinatura alfa numérica que representa todo o conteúdo do bloco. Uma função criptográfica transforma o conteúdo do bloco em um conjunto de caracteres único. Esse processo é o que chamamos de mineração de Bitcoin.

O hash é o principal fator por trás da segurança da rede, uma vez que um hash é criado, ele representará o conteúdo atual do bloco, caso um usuário mal intencionado tente alterar o conteúdo do bloco, o hash será invalidado e o bloco não será aceito como verdadeiro pelos mineradores.

O que é a mineração do Bitcoin?

A mineração é o processo utilizado para gerar a assinatura dos blocos. Cada novo bloco possui um "segredo" a ser descoberto, e o trabalho dos mineradores é descobrir qual é esse segredo.

Quando um novo bloco é criado ele já possui a assinatura, o hash que comentei acima, que é composto pela criptografia de todo o conteúdo, o hash do bloco anterior e o segredo a ser descoberto.

Para descobrir esse segredo, os mineradores utilizam de poder computacional para tentar resolver o enigma utilizando a força bruta. O primeiro minerador, ou pool de mineração que descobrir receberá um prêmio em Bitcoin.

Uma vez que o segredo é descoberto o bloco será adicionado a rede e a partir desse momento o bloco nunca mais poderá ser alterado e o registro das transações contidas nele estarão seguras e distribuídas no mundo todo.

Pedro Camara

CTO, Desenvolvedor Full-stack